Für Elise - Uma breve introdução

Essa música (talvez pelo título muitas pessoas não a conheçam) se tornou uma das mais cotidianas no nosso mundo cotidiano. Nos jingles de vendedores de gás, nos toques de chamada em espera, nos filmes de drama ou suspense, enfim são muitas referências dessa música com o nosso viver contemporâneo.

Por isso, nada melhor do que explaná-la ao nosso público.

História 
Na verdade, o título não é exatamente Für Elise, mas Bagatela para piano em Lá Menor (WoO 59). A bagatela é um termo utilizado para designar algo de pouca importância e curto, como a música erudita tende a ser mais prolongada e completa, a bagatela muitas vezes nos traz um sentimento breve ao piano. Porém na escrita dessa partitura, há uma dedicatória à desconhecida Elise, e essa busca pela mulher dedicada nomeou a obra tempos mais tarde.

Mostrarei 02 teorias que tentam desvendar a Elise
  • Elise como Pseudônimo 
Foi escrita em torno de 1808 ou 1810 em homenagem a uma senhora que o Beethoven pediu em casamento, chamada Therese Malfatti, sobrinha do médico que o tratou muitas vezes (até em sua doença final). A partitura original foi presenteada a Therese, assim como esteve por algum tempo em sua posse, porém esse fato não pode ainda ser totalmente comprovado porque não há certeza se a dedicatória foi escrita por Beethoven ou por alguma outra pessoa. Com o passar do tempo, a partitura mudou de mãos e em 1822 o próprio autor emendou o seu rascunho inicial e o guardou para uma possível publicação futura, devido à doença e falecimento não chegou a expor.

Com isso, haveria 02 possibilidades que culminariam no nome de Elise:
  1.  A letra de Beethoven era caótica, possivelmente o editor o leu equivocadamente e publicou como Elise. Houveram muitos erros de edição relacionados a confusões na leitura da caligrafia do Beethoven, e poderia ser mais um erro...
  2. O Beethoven poderia ter composto e homenageado a bagatela à Therese Malfatti, porém o fez com o pseudônimo de Elise (apesar de estarem noivos naquela época e a pedir em casamento, ela o recusou, como também em 1816 se casa com um barão).
  • A Elise real
O musicólogo Kopitz trabalhou numa edição do livro Beethoven no olhar de seus contemporânos, o qual trazia diários, poemas, lembranças e havia uma intimidade constante entre Beethoven e Elisabeth Röckel. Ela teve dotes musicais, tocava piano e mais tarde tornou-se cantora, em 1810 saiu de Viena tentar seu primeiro contato teatral. Apesar de Elise naquela época estar prometida em casamento até depois do matrimônio, a relação de amizade entre os dois se manteve sem abalos significativos. Tanto é que poucos dias antes de morrer (1827) ela o visitou, tirou um cacho de seu cabelo, ganhou suas últimas penas de escrita.

Embora a teoria vigente seja a de Elise como pseudônimo, é necessária uma visão geral para ser formar uma opinião mais completa sobre o assunto.

Análise musicológica
  1. A tonalidade é Lá Menor, os tons menores na maioria das vezes são tristes e dependendo do tempo são também tenebrosos. O que se constata na música.
  2. O seu compasso é composto (3/8): Um compasso demoroso e carregado de tristeza.
Quanto à estrutura da peça
  1.  O tema principal acontece de maneira lenta e conduzida por uma melancolia suave.
  2.  Perto da metade da duração da bagatela, há uma faísca de alegria e aceleração, que surpreende quem a escuta pela primeira vez por acontecer de maneira muito repentina.
  3.  A alegria torna-se alvoroço, animosidade, chegará ao ápice de maneira muito diferente do início, porém, aos poucos, retornará ao tema principal.
  4. Tendo no fim da música, uma sensação de nostalgia, saudade dos tempos antigos e de conformidade com a dor atual, nos faz sentir algo que escondemos e não podemos dizer facilmente.
Longe de somente um jingle, Für Elise é uma boa dose musical, produzida pelo grande compositor romântico: Beethoven!

Informação complementar: Antônio Vivaldi - As quatro estações
Informação complementar: Bachianas Brasileiras Nº 05 - Curiosidades

Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Bagatela
http://clickdefinicion.com/letra-f/fur-elise.php
http://www.dw.de/quem-%C3%A9-a-elise-de-beethoven/a-4603598
Compartilhar Google Plus

Autor Roberto Tinée

    Blogger Comentario
    Facebook Comentario
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial